o amor faz coisas que o coração não entende e que a própria razão desconhece!

pedaços

sexta-feira, 30 de julho de 2010

D.


Há memórias que vivem, outras que morrem, ainda outras que nem chegamos a guardar. As boas queremos levar sempre connosco, para qualquer lugar, por mais longe que seja. É bom poder relembrar palavras, gestos, que fizeram toda a diferença. É bom relembrar cada momento passado contigo. Fazes-me sentir como nunca me senti, fazes de mim a rapariga mais feliz do mundo. Compreendes-me, apoias-me e aconselhas-me. És lindo, e eu gosto de ti tal e qual como és. (:

12 comentários:

  1. realmente, encontras-te nele um grande ponto de abrigo. ele faz-te bem.

    ResponderEliminar
  2. Adoro o teu blog *
    Vou seguiiir :D

    beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. mas é que é mesmo! escreves tão bem *.*

    ResponderEliminar
  4. desculpa não teres sabido da minha boca o que se passava, mas sabia que ias ficar revoltada com a minha escolha, sabia que ias dar-me na cabeça, por isso perferi não contar logo, e esperar por a altura certa para o fazer. eu sei, eu sei que tu dás os conselhos e não os segues, e a tua vida assim se vê, estás presa a um rapaz ah três anos e não te consegues libertar. numa coisa tens razão, os rapazes não valem a pena, mas isso todas nós sabemos.

    ResponderEliminar
  5. é como eu. e assim é que deve ser :)

    ResponderEliminar
  6. O meu selo oficial para ti, no meu blog*

    ResponderEliminar